Blog

Sistema de segurança: como manter o condomínio sempre seguro?
Segurança do condomínio      03/04/2019

Sistema de segurança: como manter o condomínio sempre seguro?

 

Em todo condomínio, independente de ser horizontal ou vertical, a segurança é um item primordial. Sendo, inclusive, um dos principais motivos de migração das famílias brasileiras em busca constante por conforto e segurança.

 

Exatamente por este motivo, cada vez mais síndicos e administradores de condomínios têm buscado soluções modernas e inovadoras de segurança. É necessário que os condomínios contem com um sistema integrado de segurança. Ou seja, os equipamentos e softwares devem “conversar” entre si.

 

Ainda assim, existem algumas medidas importantes para que o condomínio esteja seguro, indo além dos sistemas. Sendo especialistas nisso, o blog post de hoje é exatamente sobre como você pode construir uma rotina mais segura.

 

Conscientize os moradores

 

Um dos pilares para melhorar a seguranças nos condomínios é começar pela comunicação. A rotina das famílias é totalmente dinâmica e, dificilmente, você vai conseguir reunir todos os moradores para fazer uma reunião sobre segurança. Entretanto, existem outros canais muito mais efetivos, que, combinados, proporcionam uma comunicação assertiva. Por exemplo:

 

Grupo de WhatsApp: crie banners e textos com dicas de segurança e procedimentos do condomínio e compartilhe semanalmente. Faça disso um hábito, com o tempo os moradores vão gravar e assimilar as regras.

 

Cartazes: transforme o mesmo conteúdo compartilhado no WhatsApp em cartazes e posicione em pontos estratégicos do condomínio. Aqui cabem duas dicas: faça um cartaz visual, utilize imagens, nada daqueles textos enormes que ninguém lê!

 

Outro aspecto importante: tenha em mente que esse tipo de comunicação vira “paisagem” depois de alguns dias, então é importante atualizar (recomendamos uma frequência semanal ou quinzenal).

 

A segurança é uma questão importantes para todos, mas é preciso ter em mente que nem sempre as pessoas sabem tomar a melhor decisão para que ela exista. Os moradores devem participar ativamente, saber o que está acontecendo, e o que podem e devem fazer em situações cotidianas ou emergenciais.

 

Promover reuniões, debates e palestras sobre o tema e, caso você opte por um sistema de segurança, demonstrar as suas utilidades e como ele será imprescindível para a segurança, são fundamentais.

 

Leitura recomendada: Segurança no Condomínio: Motivos para Implantar Portaria Remota

 

Capacite os colaboradores

 

Outro fator humano que faz parte da segurança de um condomínio é sobre quem você contrata e capacita o colaborador para lidar com os desafios do dia a dia.

 

É de responsabilidade do síndico promover a comunicação e boas práticas tanto para moradores, quanto para sua própria equipe interna, como o zelador, por exemplo.

Investiu em um sistema de segurança? Então também é preciso investir na capacitação dos colaboradores que ainda continuam fazendo parte da rotina do condomínio.

 

Sistema de segurança: o que é e como ter em seu condomínio?

 

Um sistema de segurança pode conter uma série de combinações de soluções. É um conjunto fundamental de itens que torna a segurança do condomínio muito mais eficiente. Ao contratar um sistema de segurança, alguns desses itens são indispensáveis, como:

 

  • Câmeras de segurança de alta qualidade;
  • Sistema de identificação de moradores;
  • Biometria;
  • Aplicativos que permitam a comunicação;
  • Alarmes e sensores integrados ao sistema de segurança;
  • Infraestrutura bem montada para garantir a estabilidade do sistema como um todo.

 

Fazer a administração do condomínio sem contar com a ajuda de sistemas automatizados é um desafio grande, afinal, o administrador ou síndico se vê sozinho nessa responsabilidade.

 

Uma boa opção para que a segurança seja ainda mais efetiva, é contar com o apoio de uma empresa especializada em tecnologia para portarias de condomínios, ou seja, a portaria remota.

 

Leia também: Administração de Condomínios: A Tecnologia Como Aliada

 

Em resumo, ela possui uma forma simples de funcionamento: substitui a presença física de um porteiro no condomínio a partir do gerenciamento a distância feito por uma Central de Monitoramento, com auxílio de inteligência, tecnologia e apoio tático presencial.

 

Se você é morador, a sua entrada será liberada, em sua maioria, através da biometria. Já para os visitantes, é possível que sejam liberados através do sistema que notifica o morador e o libera assim que autorizado pelo mesmo.

 

Sendo assim, para garantir, de verdade, um bom sistema de segurança, além dos equipamentos básicos devemos ter todos os funcionários e moradores trabalhando em conjunto!