Blog

Central de monitoramento: o que é e como funciona em um condomínio?
25/07/2019

Central de monitoramento: o que é e como funciona em um condomínio?


O aumento da insegurança e do risco a invasões em imóveis faz com que cada vez mais pessoas procurem sistemas de segurança e monitoramento. Por isto os donos de imóveis e moradores, precisam contar com uma central de monitoramento 24 horas. 


Os benefícios de uma portaria remota vão além da vigilância 24 horas.

Oferecendo um serviço exemplar, é preciso garantir que o monitoramento será feito com eficiência e transparência, e a melhor forma de fazer isso é com o uso de tecnologias e profissionais qualificados.


Neste artigo, separamos alguns tópicos para você entender o que é e como funciona uma central de monitoramento em um condomínio.

 

O que é uma central de monitoramento?

 

A principal função de uma central de monitoramento é acompanhar regularmente um sistema, um serviço, um equipamento ou um ambiente.


 Entre os elementos monitorados por essas centrais estão os sistemas integrados de segurança eletrônica. Responsáveis por proteger residências, comércios e condomínios. Tudo isto é feito a partir de um sistema de portaria remota. 


Além de observar a rotina de um estabelecimento, a central de monitoramento também é responsável por antecipar alguma anormalidade no funcionamento do ambiente que está sendo monitorado. Este monitoramento previne ataques, invasões e tentativas de burlar o sistema, responsável, ainda, por garantir o sigilo e a segurança. 


Formada por uma equipe especializada e diversificada, a central de monitoramento conta com operadores de equipamentos, de monitoramento e supervisores para garantir o melhor acompanhamento e a maior segurança.

 

Como ela funciona em um sistema de portaria remota?


Uma das coisas mais importantes para uma central de monitoramento moderna é a qualidade dos equipamentos utilizados e a força tarefa por trás de todo o sistema. 


Existe uma equipe responsável por acompanhar os circuitos fechados de TV que geram as imagens a serem monitoradas. Essa equipe  fica sempre alerta e conta com pessoas e sistemas responsáveis por fazer a vigilância e garantir a segurança. 


As câmeras são as principais responsáveis para um bom funcionamento da Central. Essas câmeras estão cada vez mais inteligentes e com imagens em alta resolução. 


A central de monitoramento também pode receber o sinal de emergência, ou tele alarme, e, a partir disso, tomar as medidas cabíveis. 


Ou seja, o seu funcionamento é algo simples, mas tecnológico. Ao adentrar um condomínio que conta com um sistema de portaria remota, a sua entrada é liberada pela Central de monitoramento. A mesma coisa acontece com os visitantes e os entregadores. 

 

Monitoramento é sinônimo de tranquilidade e segurança! 

 

Newsletter

Cadastre-se abaixo para receber nossa newsletter.